Empoderamento feminino e modelo plus size: uma união que deu certo.

21/12/2017

Tipos de modelo

O mundo da moda está em constante atualização e isso traz novas oportunidades a milhares de pessoas que sonham em ter uma carreira como modelo. Antes delegado a modelos padronizados, hoje um novo grupo vem se destacando, sendo o que mais cresce na moda: modelo plus size.

Na última década, as modelos plus size,  com medidas maiores que as demais profissionais da área da moda conquistaram seu espaço e hoje são referência do empoderamento feminino. Nos dias atuais, é possível ver que qualquer agência de modelo valoriza uma modelo plus size, justamente por influenciar cada vez mais na sociedade.

O QUE OS NÚMEROS NOS MOSTRAM

Uma modelo plus size hoje é mais que apenas uma medida entre 44 e 48: é a referência de como as mulheres podem atingir objetivos maiores numa sociedade em constante mudança. E isso é corroborado pelos números: mesmo na crise econômica que assolou diversos setores da economia brasileira – inclusive a da moda – as modelos plus size tiveram aumento de quase 3% na procura do mercado. A estimativa, segundo a empresa Iemi (Inteligência de Mercado) é que em 2017 este número tenha ultrapassado os 8%, consolidando o gênero plus size como o segmento que mais se expande em agências de moda.

AUMENTO DA AUTOESTIMA FEMININA

Se você parar e ler, ouvir ou assistir a entrevista das modelos plus size, com manequim, em média, 46, perceberá uma coisa: a própria valorização e a autoestima – sinônimos de mulheres empoderadas que deixaram antigos preconceitos e medos de lado para vencerem num mundo tão concorrido como da moda.

Isto se explica por um fator: o corpo natural começou a ser valorizado, remontando o ‘padrão de beleza’, que era característica da Idade Média. Há alguns séculos atrás, mulheres com curvas eram tidas como as musas dos escultores, pintores e literários. E isso voltou.

Este cenário pode ser visto em todo o mundo: em 2015 a modelo plus size Candice Huffine foi a primeira manequim 46 a estar presente no tradicional calendário da Pirelli, que sempre explorou mulheres com o ‘corpo em forma’, mas que percebeu que o conceito de plus size deixou de representar apenas mulheres com medidas maiores que o convencional no mundo da moda: passou a ser um grupo representativo com excelentes talentos e beldades que motivam inúmeras mulheres, que antes ficavam com a autoestima em baixa devido a corpos padronizados e vendidos como meta para o setor feminino.

O EMPONDERAMENTO SEGUE FORTE

Hoje, em uma agência de modelo, é possível ver que, seja para desfiles de moda, peças publicitárias, comerciais, programas televisivos, entre outros, a modelo plus size vem sendo cada vez mais requisitada. Por isso, a aposta dos gurus da moda é que os manequins 44, 46 e 48 vão ocupar ainda mais espaço – não apenas pelos seus corpos, mas pela resistência que encontraram ao longo dos anos para se firmar entre os principais grupos da moda. O ganho não é apenas no universo dos holofotes: estas profissionais engajam e servem de inspiração para milhões de mulheres que percebem que seus corpos são (e sempre foram) ideais para qualquer sociedade – independente do quanto às tentem desmotivar.

E aí, gostou ? Ficou com vontade de entrar no mundo da moda ? Envie sua foto para a Dois Tons, através do formulário de contato, para que seja dado o primeiro passo para seu agenciamento!

________________________________________________________________________________

Agência Dois Tons é uma agência de modelo e atores. Localizada em São Paulo/SP especializada em: agenciamento de novos talentos, modelos, atores e atrizes; e material fotográfico (book fotográfico) para divulgação.

Compartilhe!